0
0
0
s2smodern

A prática de exercícios físicos é recomendada para quem deseja perder peso, ganhar músculos, fortalecer ou manter a saúde e a forma, porém, a falta de cuidados durante a pode ocasionar em lesões e ferimentos que necessitam de cuidados especiais, como a fisioterapia.

Uma queda, um tropeção ou escorregão, podem fazer com que a rotina seja interrompida e que o tempo de recuperação prejudique o desempenho e obtenção de resultados.

Os entorses e tensões musculares são algumas das lesões mais comuns durante a prática de atividades físicas, e medidas simples podem ser tomadas para evitar que elas aconteçam.

Grande parte da população passa o dia trabalhando e se dedica a mexer o corpo somente aos finais de semana, o que aumenta o risco de lesões devido a falta de condicionamento físico.

Alongamento

O primeiro e principal passo, é realizar um alongamento de todo o corpo, já que a prática visa a preservação e melhora grau de flexibilidade muscular, estirando as fibras musculares devido ao aquecimento dos músculos: quanto maior o alongamento, maior será o fluxo de flexibilidade.

Alongar o corpo também trará outros benefícios, como: bem estar físico e mental, desenvolvimento da percepção do próprio corpo, reduzir a lesões musculares,  diminui os riscos de problemas na coluna através da melhora a postura; diminui a tensão muscular, estimula a produção de serotonina, o hormônio do bem estar, além de diminuir a incidência de cãibras e massagear órgãos internos como os rins, fígado, intestino e pâncreas.

Limites

É preciso respeitar os limites individuais do corpo e ficar atento a sintomas que podem indicar a necessidade de moderar no esforço feito. O corpo dá alguns sinais de que algo está errado, as dores são as primeiras a aparecer, e nenhuma deve ser ignorada.

Observe o aparecimento de dores excessivas nos músculos do corpo, que podem vir acompanhadas de fadiga, apatia, distúrbios alimentares e até mesmo, alterações no sono. Nesses casos é necessário reduzir o ritmo e procurar um profissional para checagem.

Calçado e Vestimenta

Seja na academia ou ao ar livre, é recomendado o uso de calçados adequados, pegar aquele tênis velho dos passeios com a família para sair se aventurando nos exercícios físicos não é uma boa pedida.

Invista em um tênis com um bom sistema de amortecimento indicado para a prática de exercícios, pois, ele irá diminuir o impacto, prevenindo o desgaste excessivo das cartilagens do quadril, joelho, tornozelo e coluna, uma vez que alivia a sobrecarga dessas regiões.

A escolha da roupa que será usada, também interfere na realização dos movimentos e pode evitar lesões. É preciso vestir peças confortáveis, de tecidos fluídos que absorvam a transpiração e que facilitem a movimentação do corpo. Tecidos rígidos e peças inadequadas podem “travar” algumas partes movimentadas utilizadas durante o exercício e causar quedas ou acidentes.

Hidratação e alimentação

O consumo de água antes durante e depois dos exercícios mantém a temperatura do corpo estabilizada, e aliada a uma alimentação leve e rica em nutrientes, carboidratos e proteínas, se tornam muito importante na prevenção de lesões, pois, durante a prática de exercícios físicos, as reservas se açúcar (glicogênio) do corpo são consumidas juntamente com outros nutrientes, podendo resultar em fraqueza muscular, e até desmaios.

Agora, sabendo de tudo isso, pode preparar o cronograma de exercícios e começar!